DAF persegue 10% de participação nas vendas de pesados

Carlos Ayala, novo presidente da operação brasileira, espera o resultado ainda este ano

DAF CF85 Crédito: Foto: DAF Caminhões

A DAF, fabricante de caminhões do Grupo Paccar, em atividade produtiva no País desde 2013, quando inaugurou fábrica em Ponta Grossa (PR), vem construindo uma operação sólida e de crescimento contínuo ao longo dos anos. A marca acaba de anunciar o mexicano Carlos Ayala, como novo presidente e, com ele, a meta de buscar 10% de participação nas vendas de pesados até o fim deste ano.

DE acordo com  a DAF, em julho, a companhia registrou recorde de vendas por aqui, com 275 unidades emplacadas, alta de 145,5% sobre o mesmo mês do ano passado. Pelas contas da empresa, sua participação nas vendas de pesados no sétimo mês foi 10,2%, enquanto no acumulado do ano ficou em 7,2%.

“Prestes a chegar ao quinto ano de operação no Brasil, com mais de 3,5 mil caminhões rodando, nossa base de cliente cresceu 60% no último ano, boa parte, 40%, de compradores recorrentes. Os 10% não estão distantes”, justifica o novo presidente.

Para buscar maior fatia que ambiciona, Ayala considera uma evolução progressiva na produção de Ponta Grossa e aumento da rede, mas descarta, pelo menos por enquanto, novos produtos. “A cabine LF está no horizonte, mas ainda em estudos, como também um novo investimento”, afirma.

O executivo prefere não revelar o índice de crescimento no ritmo da fábrica, que atualmente trabalha em um turno, de segunda a sexta, com sábados eventuais. Hoje a marca soma 35 pontos, dentre concessionárias e postos de serviços, e encerrará o ano com 37 endereço, com a inauguração de mais duas lojas.

Ayala está no País desde janeiro, quando assumiu o cargo de vice-presidente de desenvolvimento de negócios da DAF. Durante o período se ocupou de conhecer a realidade do transporte do Brasil, em visitas à rede de concessionárias e cliente das diversas regiões do território nacional. Ele está na companhia desde 1985. Passou por áreas da engenharia, produção e comercial, em cargos de direção comercial da empesa para a América Latina e na direção nacional de vendas da Kenworth México, outra das marcas da Paccar.

O novo presidente chega para substituir Michael Kuester, que volta para Seattle, Estados Unidos, para assumir posição no Conselho de Administração da Paccar, proprietária da DAF.


Notícias relacionadas