Décio Costa

12/09/2018 - 3 minutos de leitura.

Venda de ônibus se mantém estável em agosto

Desempenho dos negócios ao longo do ano, no entanto, segue trajetória de recuperação

Vendas de ônibus anotam leve crescimento de 0,6% em agosto Crédito: Foto: VWCO

No mês passado, as vendas de chassis somaram 1.568 unidades, em queda de 15% em relação a julho, com 1.844 veículos vendidos, mas estável em relação a agosto do ano passado, quando as entregas chegaram a 1.558 ônibus, leve crescimento de 0,6%.

O desempenho do segmento, porém, segue em contínua evolução no acumulado do ano. De janeiro a agosto, o mercado de ônibus absorveu 8.985 chassis, volume 16,7% superior ao apurado no mesmo período do ano passado, quando as entregas contabilizaram 7.697 unidades.

“É muito difícil avaliar pontualmente o resultado de um mês para o outro”, apont Marco Saltini, vice-presidente da Anfavea e diretor da Volkswagen Caminhões e Ônibus, durante divulgação do balanço do setor automotivo, na primeira semana de setembro. “As vendas apresentam ritmo satisfatório de crescimento, o que reflete a melhoria no ambiente de negócio, mas infelizmente ainda bem inferior ao potencial do mercado e à capacidade que indústria pode produzir.”

Em agosto, saíram as linhas de montagem 2.988 chassis, altas de 4,5% sobre as 2.858 unidades produzidas em julho e de 36,3% na comparação com mesmo mês de 2017, com 2.192. Nos oito primeiros meses do ano, a produção acumula 20.779 unidades, evolução de 43,9% na comparação com volume produzido um ano antes, de 14.441 unidades.

O resultado das exportações também ajuda a explicar o comportamento de retomada do mercado interno. No acumulado do ano até agosto, o crescimento do embarque foi de 1,5% para 5.793 chassis contra 5.710 unidades exportadas um ano antes. O volume representa 27,9% do total da produção.

Notícias relacionadas